Please reload

Arquivo

Acidente Vascular Encefálico Isquêmico em jovens

24/06/2019

1/8
Please reload

Assuntos relacionados

Demência de Alzheimer

 

A demência de Alzheimer foi descrita inicialmente na década de 20 e recebeu o nome de seu pesquisador: o psiquiatra alemão Alois Alzheimer. Trata-se de uma doença neurodegenerativa progressiva, isto é, que debilita progressivamente o sistema nervoso pela perda sucessiva e irreversível da funcionalidade dos neurônios (as células responsáveis pelas funções do sistema nervoso). 

 

Esta condição é caracterizada especialmente por alterações comportamentais e cognitivas, sendo a doença neurodegenerativa mais comum em idosos.

 

A incidência do Alzheimer tem aumentando significativamente ao longo das décadas. Isto deve-se, em parte, ao aumento da expectativa de vida e, consequentemente, da quantidade de idosos na população. O Alzheimer corresponde à cerca de 75% dos casos de demência. Para se ter a dimensão da prevalência desta doença, nos Estados Unidos, por exemplo, cerca de 5,4 milhões de pessoas são afetadas por esta doença atualmente e se estima que cerca de 14 milhões de americanos serão diagnosticados com esta patologia no ano de 2050.

 

Dentre suas manifestações, temos o declínio da memória e alterações na linguagem, humor, comportamento e orientação (no tempo e espaço), conforme a doença evolui. Em fases iniciais o paciente pode apresentar manutenção de sua independência nas atividades de vida diária, porém com a progressão da Demência de Alzheimer o idoso vai se tornando cada vez mais dependente dos cuidadores. Pessoas com alto nível de instrução podem mascarar os sintomas por algum tempo, devido a mecanismos que criam para contorná-los no estágio inicial.

 

O diagnóstico da Demência de Alzheimer é clínico, ou seja, não há exame que ateste a doença. Deste modo, é necessária a realização de uma série de exames no intuito de descartar outras causas de demência que sejam potencialmente curáveis (como a deficiência de vitaminas, a anemia, o hipotireoidismo, dentre outras)

         

Trata-se de uma doença incurável (até o momento) e de caráter progressivo. Porém, quando o tratamento é iniciado de forma precoce, há redução na velocidade da piora e maior conforto do paciente, pelo tratamento dos sintomas que surgem com a progressão da demência de Alzheimer.

 

Caso suspeite que você ou algum familiar apresente esta condição, consulte seu médico o mais breve possível.

 

Please reload

Neurologia

Compartilhe

Consultório

Betim:

Rua Aqueber Saliba, 75, Centro
31 3544-1040, 31 2571-1029

© 2017 Dr. Camilo Azeredo