Neurologia

10 dicas para quem sofre de enxaqueca


Os 10 mais importantes possíveis desencadeantes de crise de enxaqueca:

  1. Fatores emocionais: Preocupação excessiva, ansiedade, tensão, antecipação de fatos do futuro negativo e ameaçadores;

  2. Ficar sem comer: o jejum prolongado pode gerar uma baixa no açúcar sanguíneo e causar a dor. O ideal é alimentar-se a cada 3 ou 4 horas;

  3. Dormir mal: o sono insuficiente ou de má qualidade pode precipitar crises de dor;

  4. Ciclo menstrual: as alterações hormonais que ocorrem no ciclo menstrual podem desencadear as crises de enxaqueca;

  5. Irritação ou alterações do humor: as oscilações do humor (para cima ou para baixo), irritabilidade, impaciência são pontos potencialmente gatilhos para crises de enxaqueca;

  6. Excesso de cafeína: tomar muito café, bebidas com cafeína (refrigerantes, alguns tipos de chás), chocolates e até medicamentos com cafeína são provocadores de enxaqueca.

  7. Sedentarismo: a falta de atividade física regular é um importante “vilão” e pode aumentar ou piora as crises nos pacientes biologicamente propensos;

  8. Uso excessivo de analgésicos: o excesso de analgésicos pode piora e cronificar a enxaqueca.

  9. Outros tipos de alimento: leite e derivados, açúcar, chocolate, alimentos muito gelados, alimentos gordurosos, condimentados, ricos em glutamato monossódico e adoçantes podem agravar as enxaquecas;

  10. Genética: alguns indivíduos nascem biologicamente propensos ao aparecimento de crises de enxaqueca. Devemos tentar reconhecer estes casos para que possam ser tratados adequadamente.

Dr Camilo Azeredo CRMMG 38950 RQE 33175

Assuntos relacionados
Arquivo

Compartilhe

Consultório

Betim:

Rua Felipe dos Santos 674, sala 601.

Centro
(31) 3787-4742, (31) 98260-6212

© 2017 Dr. Camilo Azeredo