Neurologia

Enxaqueca com aura


A migrânea (“enxaqueca”) é um dos tipos mais comum de cefaleia.


Ela afeta mais mulheres do que homens e pode ocorrer em qualquer faixa de idade.


A enxaqueca com aura (ou clássica) é um dos tipos de enxaqueca.


Na enxaqueca com aura, os episódios geralmente são unilaterais, de intensidade moderada a forte, pulsátil, duração de 4-72 horas, associados com náuseas e/ ou vômitos, fonofobia, fotofobia e antecedidos por sintomas neurológicos transitórios denominados de aura. Piora com esforço físico.


As auras podem ser visual, motora ou sensitiva, sendo a visual a mais comum. Geralmente antecedem a crise de dor e podem durar até 60 minutos.


As crises podem ser precipitadas por alguns tipos de alimentos. Por exemplo, leite e derivados, chocolate, alimentos industrializados, excesso de açúcar e cafeína, frutas cítricas (abacaxi, laranja), refrigerantes e bebidas alcóolicas.


Outros fatores que também podem desencadear as crises são: stress, sono em excesso ou insuficiente, tabagismo, trauma craniano, excesso de exercício físico, mudanças hormonais durante o ciclo menstrual, exposição excessiva a luz fluorescente, odores fortes (perfumes, destilados do petróleo, alimentos) e mudanças climáticas.


As mudanças nos hábitos de vida podem auxiliar na redução dos episódios de dor.


Existem tratamento eficazes com medicamentos para prevenção das crises de migrânea.


Este texto é meramente informativo e não substitui uma consulta médica e nem tem como objetivo o autodiagnóstico.


Dr Camilo Azeredo CRMMG 38950 RQE 33175

Assuntos relacionados
Arquivo

Compartilhe

Consultório

Betim:

Rua Felipe dos Santos 674, sala 601.

Centro
(31) 3787-4742, (31) 98260-6212

© 2017 Dr. Camilo Azeredo